Aura humana e saúde

Aura é um campo magnético que circunda qualquer tipo de matéria. Na matéria inanimada, ela mede mais ou menos 2 cm e é comumente chamada de “efeito coroa”, fácil de visualizar e até fotografar. No caso dos seres vivos, encontramos a aura própria do corpo físico, ou seja, da matéria e, além desta, existe um campo de energia bastante sutil de tamanho e freqüência variável.

Sabemos que o homem é muito mais que um corpo físico denso e material. Nele interagem outros corpos de natureza sutis e inúmeros tipos de energia que recepciona, modula, e que nele circulam para que se manifeste a vida.

Existe, no homem, uma manifestação de energia. Este fluxo de energia é a força vital que o animará desde o nascimento, até sua passagem. Hoje, esta força é vista e constatada através da foto Kirlian de um ser vivo, onde se vê o campo áurico.

Todavia, num ser sem vida, este campo não existe. É de conhecimento geral que a máquina Kirlian ainda não possui a sensibilidade para fotografar as demais energias sutis que campõem a aura, pois devido à sua limitação, só demonstra as freqüências mais grosseiras. No entanto, através dela é possível constatar as mudanças provocadas na aura, seja pelos estados físicos, seja pelos emocionais.

A radiestesia, através de seus instrumentos, pode medir a aura, além, inclusive, de diagnosticar diretamente os estados de saúde, tanto os físicos, como os estados subjetivos e suas influências no aspecto emocional ou mental.

Hoje sabemos que a doença manifesta-se primeiro na mente, depois na aura e, por fim, no físico. Através do diagnóstico sobre a aura, podemos detectar os desequilíbrios quando os mesmos se encontram no estágio mental, ou seja, energético, ou ainda, quando ainda não se manifestaram no corpo físico.

 

Fonte: Usui Shiki Ryoho – Sistema Usui de Cura Natural – Swami Paatra Shankara

 

O que achou deste artigo?

O que achou deste artigo? Deixe a sua opinião aqui.