O trabalho da energia Reiki

O Reiki proporciona a cura de forma sutil e profunda. De uma maneira clara e resumida, o Reiki atua em nível profundo, onde irá atingir a causa de todos os problemas. Em primeiro lugar, o Reiki  trabalha no aqui e no agora, tempo-espaço para onde nos conduz imediatamente. Sendo assim. concentra todas as emanações, equilibradas ou não, do passado, do presente e do futuro, para um único ponto e momento, que é onde estamos. 

Destarte, ficamos temporariamente fora de lugar e de tempo. Muitas pessoas têm visões ou sensações de vidas passadas, presentes ou futuras durante a sessão de Reiki por causa disso. Uma vez concentrando tempo e espaço, o Reiki promove o alinhamento dos nossos corpos, por sobre o mesmo ponto que já concentrou tempo e espaço.

Feito isso, energiza com sua energia transformadora e terrivelmente amorosa todo o conjunto. Isso se dá muito rapidamente, durante as primeiras posições sobre a cabeça, onde se encontra o chakra coronal, do qual fazemos a conexão com o mundo superior. No primeiro momento, que é a primeira hora de aplicação ou a primeira aplicação de uma série de quatro, o Reiki promove a limpeza deste nosso “eu concentrado”. 

Com o canal limpo, ele segue para o segundo tempo (segunda hora ou segunda aplicação, no máximo vinte e quatro horas depois da primeira), onde vai harmonizar nosso “eu concentrado”.

No terceiro e quarto momentos, que é a terceira e quarta aplicação, separadas também de no máximo vinte e quatro horas, o Reiki vai fixar-se naquele ponto. Se o receptor ficasse imóvel e com a mente limpa a partir de então, não seria necessário de mais aplicações de Reiki, pois Reiki ficaria, por força de inércia, atuando ali indefinidamente.

No entanto, tanto no corpo físico como nos demais, mais sutis, existem movimentações constantes que quebram aquele momento concentrado, dispersando-nos novamente através do tempo e espaço. É isso que requer novas aplicações. Se houver constância nessas aplicações em no máximo uma semana após a quarta aplicação consecutiva, o Reiki não vai mais precisar limpar e harmonizar, passando a atuar diretamente na fixação. E é aí que começa a produzir a cura.

A energia Amor, que é Reiki, é poderosa arma transformadora. Onde penetra, esta energia ajusta as partes, conserta o que está quebrado, dissolve o que está obstruído, harmoniza as polaridades, enfim todo nosso ser, de modo a agir e vibrar em sintonia com o Universo. Durante esse processo, que poderia ser por toda a nossa vida e mais um pouco, todas as nossas enfermidades, tanto físicas, quanto emocionais, mentais e espirituais, vão se dissolvendo, transformando-se e nos transformando. Uma vez iniciada, a pessoa fica com a energia para sempre em atuação, até que se dê a transformação ou cura total e volte a ser uno com Deus.

Os males menores, os males físicos, são os primeiros a serem atingidos e é por isso que temos tantos registros de curas físicas surpreendentes através do Reiki. Considere-se também o fato de que muitos receptores são extremamente sensíveis à energia Reiki, e resultados satisfatórios, senão surpreendentes são conseguidos apenas nas quatro aplicações iniciais.

Há grupos de aplicadores de Reiki que se dedicam, na Terra, a tratar pacientes com AIDS. Como essa doença, se já estiver manifestada, é praticamente incurável, o Reiki através de suas aplicações, dá uma qualidade de vida superior e uma sobrevida maior que o esperado. Se já manifestaram-se as doenças oportunistas decorrentes da AIDS, o processo de cura provavelmente atuará apenas no corpo físico, deixando para a pós-morte o complemento de sua atuação. No entanto, em a pessoa com AIDS manifestada fazendo a Iniciação, sua cura é garantida, pelo menos espiritualmente falando.

 

Fonte: Usui Shiki Ryoho – Sistema Usui de Cura Natural – Swami Paatra Shankara

 

Um comentário sobre “O trabalho da energia Reiki

  1. O Reiki é uma energia Maravilhosa!!! Gratidão!!!

O que achou deste artigo? Deixe a sua opinião aqui.