Técnica do Enraizamento

O que é, quais os benefícios e como posso fazer?

Hoje vou falar de algo, que a meu ver, é fundamental e que todo o praticante de Reiki faz ou pelo menos devia fazer: o enraizamento, mas que devia ser praticada por todas as pessoas.


Mas o que é o enraizamento?

É uma técnica que consiste no “enraizar” as energias na terra, como um lançar de âncora na terra, o trazer a atenção para o “aqui e agora”, o reencontrar o equilíbrio e centro.

 

Porque é tão importante enraizar?

Tal como referi em cima, todos os Reikianos são ensinados, ou pelo menos deviam, a enraizar e da importância de o fazer diariamente. Aqui não falo só na vertente espiritual mas também no dia a dia, mas cada vez mais vivemos vidas baseadas em tecnologias, energia estáticas, computadores e tudo mais que nos alheia muito do que passa a nossa volta, com a “cabeça na lua” e é fundamental que, regularmente, voltemos “a terra” e este voltar dá-se com a meditação e com o enraizamento. O enraizamento permite o controlo, a descarga / recarga de energia fundamental para o nosso bem-estar. Esta técnica é muito importante para os Sensitivos / Empatas, pois facilmente perdem o pé pelo contacto com as energias alheias.

 

Mas quais os benefícios do enraizamento?

  • Conexão com a energia da mãe terra;
  • Descarrego de energias pesadas ou estagnadas;
  • Carregamento / estimulação do Chakra da raiz, e consequentes chakras, através da energia da Mãe Terra;
  • Aumenta sensação de pertença;
  • Diminui sensação de “cabeça aérea”;
  • Diminui ansiedade e stress;
  • Aumenta conexão com a nossa energia interior;
  • Fortalecimento energético geral;

 

Mas como posso enraizar?

Existem inúmeras técnicas, desde visualizações, a uso de cristais e pedras, meditações, yoga…

Visualizações: A mais simples e eficaz é por o pé no chão, preferencialmente na terra, e imaginar raízes brancas sair da sola dos pés e penetrar fundo na terra, como se fossem raízes de um árvore grande e frondosa. É simples e funciona muito bem, principalmente com Empatas / Sensitivos. Ao realizar este enraizamento devemos sempre pedir que as energias pesadas, negativas e estagnadas sejam descarregadas para a terra e posteriormente transmutadas pela Mãe Natureza para o nosso bem superior assim como o da Terra. A transmutação pode igualmente ser realizada pela Chama Violeta.

Andar descalço: esta é outra técnica que funciona muito bem, quando associada a técnica anterior, permite o descarrego continuo das energias negativas e estagnadas para a terra. Se andarmos descalços na natureza ainda melhor.

Cristais: outra forma simples de termos a energia “cá em baixo” é usarmos cristais que promovam o enraizamento. Os cristais escuros / pretos funcionam muito bem. Turmalina Negra, Ónix, Obsidiana, Lágrima de Apache, Hematite, .. nunca esquecer que os cristais devem estar bem limpos, energizados e programados para facilitar esse mesmo enraizamento.

Meditações e Yoga: Yoga por si já é uma forma de meditação ativa e funciona muito bem para o enraizamento, no YouTube também se encontram inúmeras meditações que permitem o enraizamento. Apesar de eu achar que a primeira técnica, a de visualização é a mais eficaz.

 

Como sei que funcionou?

Automaticamente começamos a nos sentir melhor, mais leves e conscientes. O nosso raciocínio melhora, assim como o bem-estar.

O enraizamento funciona pela intenção. Se colocarmos a nossa ideia em enraizar é isso mesmo que vamos fazer.

Ao fazermos o enraizamentos podemos sentir algumas coisas, tais como formigueiro nas pernas, peso, latejar, comichão na base dos pés. Tudo isto é normal e faz parte do processo. O não sentir nada também é normal. A energia não é sempre igual e não se comporta sempre da mesma forma.

 

Quando e quantas deves o devo fazer?

Deve fazer sempre que sentir necessidade as vezes que sentir que deve fazer.

Eu faço sempre quando acordo, mal coloco os pés no chão, visualizo logo as raízes a entrarem na terra, isto é importante, porque de nosso temos tendência a fazer viagens e a nossa energia ainda esta muito “aérea” ou mesmo alta e assim voltamos ao “aqui” rápido, acelerando mesmo o processo do acordar.

Antes de uma sessão de Reiki, seja terapia ou auto tratamento enraízo sempre energia para permitir que energia de Luz entre pelo Chakra da Coroa e a energia “a mais” saia pelos pés, fortalecendo assim a ideia de canal.

Aqui não há risco de sobre dose.

 

Com Amor e Luz
por Joana Cristina Pinto, em 19.05.17

 

No vídeo a seguir, podemos ver um exemplo desta técnica.

O que achou deste artigo? Deixe a sua opinião aqui.