Conhecendo o Sétimo Chakra – Sahasrara

SÉTIMO CHAKRA CORONAL ou CORONÁRIO (do sânscrito: “Sahasrara”: “O lótus das mil pétalas”)

Localização: topo da cabeça, abrindo-se para cima.

Correlação física: ligado à glândula pineal (epífise).

É o chakra mais importante, pois é o responsável pela irrigação energética do cérebro. Bem desenvolvido, facilita a lembrança e a conscientização das projeções da consciência. É muito importante na telepatia e na mediunidade. É o chakra por onde penetra a energia cósmica.

Cor: violeta ou dourado.

Bija-mantra: “OM”.

A glândula pineal é a sua exteriorização física. Está ativa durante a infância até que a vontade esteja suficientemente desenvolvida para atar o homem à vida física. Nas últimas etapas da vida humana entra de novo em atividade como agente para cumprir na terra a energia volitiva do ser humano. Este centro está relacionado com o Chakra Básico (Muladhara). A interação entre ambos produz a manifestação da vontade ou propósito divino. Quando as forças do Centro Coronário e do Básico se combinam, produzem a mais alta manifestação do “fogo elétrico” individual, que quando se expressa plenamente é denominado “fogo kundalini”.

Vibra na freqüência da cor violeta, também chamado de Chakra da Coroa e localiza-se no topo da cabeça. Está relacionado a uma profunda busca interior, filosófica, religiosa ou espiritual sobre o significado, o propósito da vida e a identidade espiritual.

Assim como o Chakra da Raiz ou Básico nos conecta com a terra, o Chakra Coronal nos conecta com o céu, com o Divino. Conecta o indivíduo com a espiritualidade e integra o seu ser em todos os seus aspectos: físico, emocional, mental e espiritual. É o ponto de entrada da Energia Divina que vem através da alma, que dá vida e anima o corpo físico. Por onde se recebe a energia cósmica que traz a consciência de que se é algo mais além da matéria física. Ele possibilita a abertura para o encontro com a parte divina, o Eu Superior, o nosso guia interior.

Esta comunicação com o divino trás o sentido de unicidade, de totalidade e estimula o desenvolvimento de uma identidade espiritual e uma consciência cósmica e universal. A abertura natural deste chakra permitirá a expressão, aqui no plano físico, de todos os aspectos de perfeição da alma após terem sido desenvolvidos todos os aprendizados. É quando a alma obtém o título de “Mestre”, quando a pessoa atinge a iluminação, entra no estágio de ascensão e perfeição espiritual, o que torna possível de se ver Deus nas pequenas coisas e trazer o Divino para vida diária. Este chakra possibilita a entrega à Fonte, o servir, o se colocar a disposição Divina, o “Seja Feita a Vossa Vontade”. O verdadeiro sentido de propósito na existência. Estimula na pessoa o sentido de totalidade, da paz e da fé, dando um propósito à existência, colocando a pessoa a serviço da humanidade.

Desequilíbrios neste chakra podem se manifestar em:

  • Materialismo excessivo, não acreditar em nada que não seja palpável, ceticismo, ateísmo.
  • Dificuldade de compreender quando outras pessoas falam experiências interiores, de experiências espirituais.
  • Fanatismos religiosos ou espirituais, contemplação em excesso.
  • Loucuras, insanidade mentais, faltas de conexão com a realidade. Falta de pé no chão.
  • Medo da morte.
  • Dificuldade de encontrar o seu lugar na vida.
  • Sensação de vazio e falta de sentido na existência.
  • Fuga da realidade, escapismos, suicídio, vícios, drogas, álcool, vontade de morrer.
  • Desespero, desesperança, depressão, exaustão e fadiga crônica.

Fisicamente está relacionado com: cérebro, integração dos hemisférios cerebrais, glândula pineal (principal), funcionamento geral do cérebro e do sistema nervoso.

 

Fonte: Usui Shiki Ryoho – Sistema Usui de Cura Natural – Swami Paatra Shankara

Musica para ativação do Chakra Sahasrara


 

O que achou deste artigo? Deixe a sua opinião aqui.