Chakra Transpessoal

Também chamado de Estrela da Alma, este chakra se localiza acima do topo da cabeça. Este chakra permite a ligação entre a personalidade e o Eu Superior, a Presença Divina, o Espírito Santo, o Mestre Interno, o Verdadeiro Eu, ou qualquer outro nome que se deseje empregar.

Não se trata de um mestre ou orientador externo, nas sim de uma parte nossa que está diretamente ligada a Deus ou ao Todo, ou ainda, uma parte do todo que se individualiza através de nós.

O Eu Superior tem a visão geral do nosso passado, do nosso presente e do nosso futuro, tem acesso ao nosso projeto de aprendizagem da vida atual e compartilha estas informações com a nossa personalidade consciente através de sonhos, intuições, visões, eventos sincronísticos, “coincidências” significativas, estados alterados de consciência induzidos com o uso de determinadas drogas, de meditação ou, como no caso do trabalho de regressão, do estado de transe terapêutico consciente.

Através deste chakra e do contato com o Eu Superior, que sempre sabe o porquê de tudo que está acontecendo na nossa vida, é possível compreender que existe razão e propósito em tudo que nos acontece na vida e que nossa alma opta nos colocar em situações de desafios, de adversidades e de doenças para podermos aprender mais sobre nosso verdadeiro poder e a nossa natureza espiritual superior.

Perceber a vida a partir da perspectiva do Eu Superior nos ensina a abordar as lições de vida, os relacionamentos ou as questões emocionais com calma e discernimento, com uma atitude otimista e não reativa que nos permite minimizar os sofrimentos e obter um melhor aproveitamento das lições espirituais.

Nas terapias energéticas em geral, as mudanças curativas incluem uma reestruturação dos nossos chakras e dos nossos corpos etérico, emocional e mental ao mesmo tempo em que adotamos melhores padrões de reação e de resposta à vida cotidiana e, novas maneiras de nos relacionarmos com as pessoas que fazem parte da nossa vida.

 

Fonte:
Usui Shiki Ryoho – Sistema Usui de Cura Natural – Swami Paatra Shankara

 

O que achou deste artigo? Deixe a sua opinião aqui.